✦ Mundo
Tendência

EUA dizem que China pode estar prestes a fornecer armas à Rússia

Blinken disse à imprensa americana que os EUA tinham informações de que a China estava considerando dar assistência à Rússia, possivelmente incluindo armas e armas, para a guerra na Ucrânia.

    Os EUA disseram acreditar que a China pode estar prestes a fornecer ajuda letal para ajudar a Rússia na guerra na Ucrânia , provocando uma advertência direta contra isso do secretário de Estado, Antony Blinken, ao principal diplomata da China.

Blinken fez o alerta ao conselheiro de estado chinês Wang Yi na noite de sábado (18) em uma reunião à margem da conferência de segurança de Munique , durante a qual ele também repreendeu a China pelo uso de um suposto balão espião em solo americano .

Em uma reunião contundente, ele também pediu à China que pare de ajudar a Rússia a escapar do impacto das sanções. O comércio da China com a Rússia está aumentando e ela tem comprado petróleo russo, mas provavelmente abaixo do preço máximo de US$ 60 por barril imposto pela UE e pelo grupo de estados do G7.

Blinken disse à imprensa americana que os EUA tinham informações de que a China estava considerando dar assistência à Rússia, possivelmente incluindo armas e armas, para a guerra na Ucrânia.

“A preocupação que temos agora é, com base nas informações que temos, que eles estão considerando fornecer apoio letal”, disse Blinken ao programa Face the Nation, da CBS, pouco depois de se encontrar com Wang. “E deixamos bem claro para eles que isso poderia causar um problema sério para nós e nosso relacionamento.”

Blinken disse ao Meet the Press da NBC que a China ainda não cruzou a linha de fornecer assistência letal, mas ele apresentaria evidências em breve para mostrar como Pequim estava considerando seriamente fornecer equipamentos à Rússia, incluindo armas.

Ele disse sobre seu encontro com Wang que não houve desculpas da China sobre o balão espião sobre o solo americano. “Esta foi uma oportunidade de falar de forma muito clara e direta sobre o fato de a China ter enviado um balão de vigilância sobre nosso território, violando nossa soberania, violando o direito internacional. E eu disse a ele simplesmente que isso era inaceitável e nunca mais poderia acontecer.

Os EUA acreditam que a China já pode estar fornecendo algumas informações de vigilância ao grupo Wagner, a ala mercenária que trabalha ao lado do exército russo.

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

cidadenewsonline

Eu sou Valmir Da Silva Oliveira, nascido na Cidade de Terra Rica-PR em Dezembro do ano de 1966. Atualmente moro na cidade de Marcelândia-MT desde o ano de 1987, casado pela 2ª vez, tenho dois filhos do primeiro casamento, Sendo eles; Alan Marcos de Oliveira, nascido na Cidade de Colíder em 21 de Maio de 1993, e Alison Vinício de Oliveira, nascido em Marcelândia-MT, em 18 de novembro de 1997. Sou Radialista desde 1998. Atualmente estou na Rádio Comunitária Cidade FM 87,9 MHZ de Marcelândia. Sou Diretor presidente do Portal de Notícias http://cidadenewsonline.com. Minha esposa atual, Srª. Dorilane Gaúna Rodrigues da Silva

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Feito com amor 💜 por go7.com.br