✦ Mundo

Alta está relacionada ao aumento dos preços dos cereais e óleos vegetais

Alta está relacionada ao aumento dos preços dos cereais e óleos vegetais

  O Índice de Preços de Alimentos, calculado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), alcançou o nível mais alto em 10 anos, atingindo a média de 133,2 pontos em outubro.

A alta foi impulsionada pelo aumento nos preços de cereais e óleos vegetais.

Na comparação com outubro do ano passado, o índice subiu 31,3%. É o 3ª aumento mensal consecutivo. Em setembro, o índice fechou em 129,2 pontos. Na época, a alta também foi atribuída aos preços elevados na categoria de cereais e óleos vegetais.

Os cereais subiram, em outubro, 3,2% em relação a setembro. Essa alta está relacionada ao aumento de 5% nos preços do trigo. O item atingiu o maior valor desde 2012 devido às colheitas reduzidas nos principais exportadores, como o Canadá, Rússia e Estados Unidos.

Segundo a FAO, há uma tendência de contração nos estoques globais de cereais para 2021 e 2022.

No relatório de oferta e demanda de cereais divulgado nesta 5ª feira (04), a previsão é de que a produção mundial para 2021 seja de 2,793 bilhões de toneladas.

“Uma queda de 6,7 milhões de toneladas desde o relatório anterior em outubro, em grande parte devido aos cortes nas estimativas de produção de trigo na República Islâmica do Irã, Turquia e Estados Unidos da América”, afirma a FAO.

Participe do nosso GrupoEntre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site