✦ Marcelândia

Marcelândia: Delegacia de Polícia Civil emite Nota à Imprensa referente à fatos ocorridos nesta 4ª feira (19)

 Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e seis medidas cautelares diversas de prisão com o objetivo de apurar crimes de concussão de advocacia administrativa e de associação criminosa ocorrido.

   A Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Marcelândia emite uma NOTA À IMPRENSA

  • referente aos fatos ocorridos na data de ontem (19), onde Policiais civis e advogados estão sendo investigados pela corregedoria geral da polícia civil na operação Clear Sky deflagrada na cidade, por tirar vantagem de pessoas presas em flagrantes.

 Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e seis medidas cautelares diversas de prisão com o objetivo de apurar crimes de concussão de advocacia administrativa e de associação criminosa ocorrido.

A ação tem como alvo 5 policiais, servidores e ex-servidores da delegacia de Marcelândia além de dois advogados que atuam na mesma cidade.

 As ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá, Vila Bela da Santíssima Trindade, Peixoto de Azevedo e Marcelândia.

             NOTA À IMPRENSA

No tocante aos fatos envolvendo a deflagração da Operação Clear Sky, os servidores lotados na Delegacia de Polícia de Marcelândia/MT, vem, respeitosamente, informar à população de Marcelândia/MT que foram cumpridos nesta localidade apenas mandados de busca e apreensão e intimações no que se refere a aplicação de medidas cautelares diversas da prisão, em relação aos supostos fatos ilícitos, ocorridos no ano de 2018.

Com a popularização e acesso facilitado aos meios de comunicação, as chamadas fake news ganharam forma, principalmente em plataformas de fácil acesso e propícias à propagação de notícias falsas, visto que qualquer cidadão tem autonomia para publicadas.

Deste modo, viemos esclarecer que a deflagração da Operação Clear Sky pela Corregedoria da Polícia Civil do Estado de Mato Grosso, na presente data, se refere a fatos ocorridos no ano de 2018, que estão sendo apurados pelo órgão corregedor, com a finalidade de buscar a verdade real dos fatos e punir os verdadeiros culpados.

Inclusive, importante consignar que medidas administrativas já haviam sido
tomadas anteriormente, com a remoção de alguns servidores investigados, envolvidos nos fatos, já não exercendo mais seus serviços na Delegacia de Polícia de Marcelândia.

Os cidadãos de Marcelândia podem ter a certeza de que a justiça será feita, e que os envolvidos nos fatos ora apurados, se comprovados, serão devidamente punidos, ao passo que se pede apoio dos munícipes para a elucidação dos fatos, convocando todos que tenham informações a respeito, procurem os órgãos competentes para prestar declarações.

Diante do acima exposto, reforçamos o compromisso com a sociedade, de auxiliar a promover a justiça e a segurança pública de nosso município, encerramos esta nota, agradecendo aos órgãos da imprensa local que sempre acompanham a atuação da Polícia Civil.

Fonte: Delegacia de Polícia Judiciária Civil

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

cidadenewsonline

Eu sou Valmir Da Silva Oliveira, nascido na Cidade de Terra Rica-PR em Dezembro do ano de 1966. Atualmente moro na cidade de Marcelândia-MT desde o ano de 1987, casado pela 2ª vez, tenho dois filhos do primeiro casamento, Sendo eles; Alan Marcos de Oliveira, nascido na Cidade de Colíder em 21 de Maio de 1993, e Alison Vinício de Oliveira, nascido em Marcelândia-MT, em 18 de novembro de 1997. Sou Radialista desde 1998. Atualmente estou na Rádio Comunitária Cidade FM 87,9 MHZ de Marcelândia. Sou Diretor presidente do Portal de Notícias http://cidadenewsonline.com. Minha esposa atual, Srª. Dorilane Gaúna Rodrigues da Silva

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Feito com amor 💜 por go7.com.br