✦ Geral
Tendência

Jatinho que escoltou avião de Maduro no Brasil é identificado

A aeronave raramente é identificada pelos sistemas de rastreamento

    A chegada do ditador Nicolás Maduro ao Brasil, em 28 de maio, estava cercada de mistério a respeito da aeronave que escoltou o Airbus A-319, da companhia estatal Conviasa, que trouxe o presidente venezuelano e sua comitiva até Brasília.

A segunda aeronave não teve nenhum dado revelado, nem mesmo seu modelo, e foi ela quem viajou muito próxima ao avião onde estava o ditador.

O avião misterioso também saiu de Caracas, capital venezuelana, mas por um período, ele percorreu um trajeto distinto do avião presidencial. Posteriormente, eles se aproximaram e voaram praticamente juntos até chegarem a Brasília.

Meses após a visita de Maduro ao Brasil, a identidade da aeronave foi revelada. Trata-se de um jatinho particular modelo Dassault Falcon 900EX de prefixo T7ESPRT. O avião traz a bandeira de San Marino, um território italiano conhecido como paraíso fiscal.

Apesar de ter seu registro na Europa, a aeronave tem sido utilizada pelo governo venezuelano com frequência, mas raramente é identificada nos sistemas de rastreamentos.

Entre os vários mistérios que envolvem esse jatinho, está o fato dele pousar no Irã no dia 16 de junho, duas semanas depois de passar pela capital brasileira. Teerã é um dos aliados de Nicolás Maduro e o presidente, Ebrahim Raisi, havia feito uma visita oficial à Venezuela dias antes do avião ser registrado no aeroporto internacional da capital iraniana. As informações são do Metrópoles.

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Feito com amor 💜 por go7.com.br