✦ Brasil

Telegram: Moraes retira do ar dois grupos de apoio a Bolsonaro

Ministro considerou que as páginas continham "uma série de falas odiosas e com expressa apologia à prática de atos criminosos e violentos"

   O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou nesta sexta-feira (28) a retirada do ar de dois grupos no Telegram com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) que contavam, somados, mais de 200 mil participantes.

As páginas em questão, intituladas 70 Milhões Eu Voto em Bolsonaro Nova Direita e 70 Milhões 2 eu voto em Bolsonaro Nova Direita, já apareciam fora do ar no início da tarde desta sexta. Ao tentar acessá-las, o usuário recebe como resposta a seguinte frase: “Esse grupo não pode ser exibido porque violou as leis locais”.

Na decisão em que determinou a derrubada das páginas, Moraes afirmou que a atuação dos grupos “vem a público em conjunto com uma série de falas odiosas e com expressa apologia à prática de atos criminosos e violentos, como agressões físicas a opositores, em detrimento da liberdade de voto, assim como o atentado a vida de uma autoridade do Poder Judiciário Eleitoral”.

Em um dos áudios publicados no grupo 70 Milhões Eu Voto em Bolsonaro Nova Direita, e que foram analisados pelo tribunal, o empresário Jackson Villar, um dos líderes da página, diz: “Eu estou cansado de ver frouxo. Tem que quebrar no pau, tem que acabar, pegar uma urna dessa e quebrar ela todinha no pau”.

Já em outro momento, o empresário afirma: “A vontade que eu tenho é de meter bala na cabeça do Xandão, só não tive oportunidade ainda”. Além disso, ao comentar o ocorrido envolvendo o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), que foi preso no último domingo (23) após reagir a tiros contra policiais federais que cumpriam um mandado de prisão contra ele, Villar disse: “O exército tem que chegar prendendo os policiais federais”.

Além dos grupos excluídos, Villar gerencia outras duas páginas que seguem ativas no Telegram: Canal Nova Direita #70Milhões #OBrasilemBrasília, com 20 mil membros; e Carta do Bolsonaro, com pouco mais de 1.700 membros.

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

cidadenewsonline

Eu sou Valmir Da Silva Oliveira, nascido na Cidade de Terra Rica-PR em Dezembro do ano de 1966. Atualmente moro na cidade de Marcelândia-MT desde o ano de 1987, casado pela 2ª vez, tenho dois filhos do primeiro casamento, Sendo eles; Alan Marcos de Oliveira, nascido na Cidade de Colíder em 21 de Maio de 1993, e Alison Vinício de Oliveira, nascido em Marcelândia-MT, em 18 de novembro de 1997. Sou Radialista desde 1998. Atualmente estou na Rádio Comunitária Cidade FM 87,9 MHZ de Marcelândia. Sou Diretor presidente do Portal de Notícias http://cidadenewsonline.com. Minha esposa atual, Srª. Dorilane Gaúna Rodrigues da Silva

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Feito com amor 💜 por go7.com.br