✦ Brasil
Tendência

Ex-juiz do TRE-DF diz que decisão de Alexandre de Moraes é ‘absurda’ e representa ‘ataque à advocacia’

Gueiros Filho cobra reação do Conselho Federal da OAB e defende que ministro seja retirado de processos sob sua relatoria.

    Everardo Gueiros Filho, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, e que já esteve como conselheiro da OAB de Pernambuco e ocupando diversos cargos na Ordem dos Advogados do Brasil, incluindo a presidência da Caixa de Assistência dos Advogados, fez duras críticas ao Conselho Federal da OAB.

A reação surge em meio à operação Tempus Veritatis, realizada pela Polícia Federal (PF), que investiga uma s]uposta tentativa de golpe de Estado envolvendo o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus aliados políticos.

“Novamente infringindo regras processuais e novamente atacando a advocacia no seu exercício profissional, dizendo que os advogados das partes não podem se comunicar”, declarou.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, ele caracteriza seu pronunciamento como uma ‘denúncia’, argumentando que Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), tem violado procedimentos legais em suas decisões.

Gueiros Filho defende ainda que o ministro ‘cumpra a lei’, alegando que o magistrado está impedido e não deveria continuar como relator dos processos que têm assumido.

“Em todas as decisões, o ministro Alexandre de Moraes se coloca como parte. Ele se colocou como parte dizendo que ia ser enforcado no 8 de janeiro, agora se colocou como parte dizendo que ia ser preso. Se ele é parte, e é diretamente interessado, ele não pode ser o relator do processo. Abra mão da relatoria, ministro Alexandre de Moraes, para respeitar a lei, e deixe um juiz isento julgar a causa. Não o senhor que tem interesse no resultado da demanda”, concluiu.

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Feito com muito 💜 por go7.com.br