✦ Brasil

Estelionatários e invasores de terras trazem o medo a produtores rurais em comunidade de Novo Progresso-PA

ESTELIONATÁRIOS E INVASORES DE TERRAS TRAZEM O MEDO A PRODUTORES RURAIS DA COMUNIDADE SANTA JÚLIA

   Produtores rurais residentes na Comunidade Santa Júlia no município de Novo Progresso, estado do Pará, vêm sendo alvos de uma suposta quadrilha de estelionatários vinda do estado de Rondônia que arquitetaram um ardiloso golpe a ser aplicado em produtores rurais locais, os fatos estão sendo apurados pela Polícia Civil e pelo Ministério Público Estadual e relatam crimes de estelionato, ameaça e tentativa de invasão de imóvel rural.

Os produtores rurais vítimas do golpe, das ameaças e das tentativas de invasão do imóvel rural estão vivendo dias de terror e, segundo relato de moradores, na Comunidade Santa Júlia impera o medo, tendo em vista que os golpistas circulam impunemente pela comunidade localizada na zona rural do município de Novo Progresso.

Entenda o Golpe

O golpe envolve várias etapas e pessoas, cada uma com um papel previamente definido no esquema do crime de estelionato. Desse modo, através de um corretor local um suposto comprador, que se apresenta como advogado e funcionário público aposentado da Justiça Federal, inclusive enviando foto de documentos pessoais e profissionais, entra em contato procurando uma área para compra do tipo “porteira fechada” e ao escolher a área e as vítimas, começam as negociações, tudo on line via whats app; fechado o negócio verbalmente, por meio de conversas no whats app, começam as tratativas para elaboração do contrato. Neste momento, aparecem pessoalmente dois casais de golpistas, indicados pelo comprador virtual para figurarem no contrato de compra e venda e, por fim, o contrato é feito apenas no nome das supostas esposas e elaborado por advogado local cooptado pelos golpistas. Contratos assinados, e nas mãos dos golpistas os documentos originais dos imóveis rurais e dos bens existentes na propriedade, iniciam-se as simulações de pagamento dos valores, que nunca caem nas contas dos vendedores; sendo ainda, simulado pagamentos, pelos compradores que estão na cidade, em contas indicadas pelo suposto comprador virtual. É neste ponto que o golpe é descoberto, o comprador virtual não mais responde às mensagens ou atende ligações, e começam as ameaças e as tentativas de invasão pelos golpistas que estão na cidade e, pelos que posteriormente chegam, um se apresentando como cobrador da dívida e outro como pistoleiro.  “Um escritório de advocacia de Novo Progresso foi contratado para defender os estelionatários”.

Veja imagem dos Estelionatários

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução

Reprodução

As vítimas do golpe são os produtores rurais sr. Valdecir Rossetto e sra. Noeli Rossetto, moradores da Comunidade Santa Júlia há mais de 20 anos, pessoas idosas, de boa índole e trabalhadoras, que tiveram que recorrer às autoridades policiais civil e militar e ao Poder Judiciário para garantirem a proteção de seus direitos possessórios e a segurança deles e de seus familiares.

Os produtores rurais Valdecir Rossetto e sra. Noeli Rossetto vítimas do golpe, das ameaças e das tentativas de invasão do imóvel rural estão vivendo dias de terror e, segundo relato de moradores, na Comunidade Santa Júlia impera o medo, tendo em vista que os golpistas circulam impunemente pela comunidade (distante 30 km de Novo Progresso) localizada na zona rural do município de Novo Progresso.

Quem são os Golpistas

Já os golpistas são forasteiros, alguns deles com vasta ficha criminal em outros estados, sendo diversos os crimes cometidos e constatados em inquéritos policiais e processos judiciais, tais como ameaça, estelionato, invasão de imóveis, furto e até cumprimento de mandado de prisão. Os golpistas que estão atuando no município de Novo Progresso são: José Odilon da Rosa Almeida, Márcio dos Santos Beraldo, Sérgio dos Santos Beraldo, Natália Roberta da Silva, Andréia de Lima Sinotti, André da Silva Alves e Severino Alves de Souza.

Alerta

Fica um alerta aos produtores rurais de Novo Progresso e região que fiquem atentos a este golpe, pode ser que os golpistas procurem novas vítimas para atacar.

Veja vida pregressa dos envolvidos

VIDA PREGRESSA CRIMINAL E CÍVEL
 ANDREIA DE LIMA SINOTTI (comprovação em anexo)
SPC/SERASA
– PROTESTOS – data 25/08/2020 – R$ 2.940,20 – Buritis/RO
– PROTESTOS – data 25/08/2020 – R$ 3.249,86 – Buritis/RO
* SERGIO SANTOS BERALDO, processos cíveis de cobrança quanto a compra de gado e não pagamento, bem como processo criminal de Estelionato, colaciono abaixo;

estttttttttttttttttttttttttttttttttttttttt

NATALIA ROBERTA DA SILVA,  processo criminal e cível, onde comprou uma propriedade e não realizou o pagamento da mesma, conforme abaixo colacionado:tttttttttttttttttttttttttttttttt

 Ainda a mesma, em menos de um ano declara que é hipossuficiente, conforme extraído do corpo da ação cível em anexo a esta abaixo:

tttttttttttttttttttttttttttttttttttttttt

**  MÁRCIO SANTOS BERALDO é réu em vários processos de cobrança judicial, onde os credores não conseguem localizar seu endereço, dificultando a efetivação da busca pelo crédito, conforme print extraído da telo do PJE- TJ/RO, abaixo colacionado:beraldo1

Bem como já foi preso por FURTO:

beradldo 2beraldo 3

Participe do nosso GrupoEntre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site