✦ Brasil
Tendência

Ao deixar o TSE, Moraes cobra regulamentação das redes sociais

Ministro disse que o TSE "avançou no combate à desinformação" em sua gestão

    Ao discursar na sua última sessão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes voltou a defender a regulamentação das redes sociais e deu recados para o Congresso e Executivo.

– Não é possível admitirmos que haja continuidade no número massivo de desinformação, anabolizada pela inteligência artificial. Não é mais possível que toda a sociedade e demais Poderes aceitem essa continuidade sem regulamentação mínima – afirmou.

Leia também1 Morre pai do ministro Alexandre de Moraes, Léon Lima de Moraes
2 Bolsonaro sobre nova decisão de Moraes: “Perseguição”
3 STF concede vitórias para a Globo em ações sobre multas da Receita
4 Deputado médico mostra como é feito aborto por assistolia; assista
5 Moraes critica reportagem do UOL e fala em notícia falsa

Moraes disse que, na sua gestão, o TSE avançou no combate à desinformação nas eleições de 2022, na jurisprudência e nas resoluções para o pleito municipal deste ano. De acordo com ele, a Justiça Eleitoral continuará a combater “essa verdadeira lavagem cerebral feita por algoritmos não transparentes e, em alguns casos, viciados”.

– Tenho absoluta certeza que TSE está em ótimas mãos – disse Moraes em relação à ministra Cármen Lúcia, que o sucederá na presidência do tribunal.

O ministro ainda defendeu que sua gestão contribuiu para um legado de “fortalecimento, garantia e permanência da democracia” e que, diante de ataques à democracia, “a população brasileira saiu vencedora” e acreditou nas urnas.

– Aqui no Brasil, nós mostramos que é possível reagir ao novo populismo digital extremista que pretende solapar as bases da democracia – afirmou.

*AE

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Feito com muito 💜 por go7.com.br