✦ Brasil
Tendência

Agricultores do RS dizem que o governo Lula inflacionou o arroz

Produtores apontam que não há risco de desabastecimento, diferentemente do que foi levantado por Lula

   Agricultores do Rio Grande do Sul acreditam que o governo Lula (PT) inflacionou o valor do arroz ao anunciar que importaria o alimento para evitar a falta dele e que zeraria a alíquota de importação. Ao site da revista Veja, um dos vice-presidentes da Federação da Agricultura gaúcha (Farsul), Domingos Velho, disse que, apesar do desastre climático, não havia a possibilidade de faltar arroz.

– Como é que podemos falar em desabastecimento em plena safra? Devemos produzir 7,2 milhões de toneladas no Rio Grande do Sul, exatamente o mesmo número do ano passado – disse.

Para Domingos Velho, a decisão do governo petista “vai desestimular o plantio da próxima safra” e que “quem vai ganhar são os atravessadores, que vão comprar arroz mais barato e não haverá queda do preço nas gôndolas”.

Já na opinião de Paulo Ricardo Dias, outro vice-presidente da Farsul, o anúncio foi precipitado e o governo federal “confundiu” e inflacionou o mercado ao levantar dúvidas sobre a colheita, anunciar a compra de arroz e ainda reduzir as tarifas.

– O anúncio foi precipitado, para não dizer incompetente. Não existe desabastecimento de arroz em lugar nenhum – apontou.

A Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul, por sua vez, emitiu uma nota sobre o assunto e disse que a safra gaúcha do cereal “é suficiente para abastecer o mercado brasileiro”. Já o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz, Rodrigo Machado, reforçou que não haverá desabastecimento no país.

– Mesmo considerando as perdas, temos uma safra praticamente idêntica à anterior, o que nos leva a inferir que não haverá desabastecimento – completou.

Participe do nosso Grupo
Entre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real GRUPO 1 | GRUPO 2

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Feito com muito 💜 por go7.com.br