✦ Agronegócio

Compradores “abandonam” o milho

O Paraná conta com indicações de compra de, em média, R$ 92,00 CIF e recuando

  O estado do Rio Grande do Sul é um dos mais avançados no plantio do milho, mas os compradores continuam lentos, segundo informações da TF Agroeconômica. “As chuvas e a boa umidade beneficiaram – e muito – o plantio no – Rio Grande do Sul nas últimas semanas. Conforme temos comentado, o Estado é um dos mais avançados em relação ao plantio e, nesta segunda-feira (04), estima-se entre correspondentes da T&F Consultoria que o Estado encontra-se com pelo menos 74,3% plantado. Mais um dia vazio de negócios”, comenta. 

Santa Catarina tem os compradores já abastecidos e ainda recebendo contratos, mas sem vontade de comprar. “ Se  na semana  passada  a  indicação  aberta  era  de  R$  92,00 mais impostos no oeste, hoje, os raros esboços, feitos somente sob lotes firmes, vem em uma máxima de R$ 90,00.  Do outro lado, vendedores do Mato Grosso buscam indicações do Estado em pelo menos R$ 95,00 mais impostos preços CIF. Nada mudou nessa indicação  de venda, e  a  diferença, que era  de R$ 3,00 na semana  passada, hoje encontra-se em R$ 5,00 por saca, entre intenção de compra e venda”, completa. 

O Paraná conta com indicações de compra de, em média, R$ 92,00 CIF e recuando. “Há  apenas  três  semanas,  o percentual  estava  em  28%  e  está  avançando  a  faixas percentuais médias de 11% na semana. Em  um  nível  de  abastecimento  compradores  têm recuado suas indicações no Paraná e hoje os números máximos que se ouviram pela saca foram R$ 92,00 em preços CIF. No último folego, produtores insistem em R$ 95,00, a exemplo de um lote hoje no norte do Estado. Não foram ouvidos reportes de negócios”, conclui.

Participe do nosso GrupoEntre no grupo do CIDADE NEWS OFICIAL no WhatsApp e receba notícias em tempo real CLIQUE AQUI

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site